sexta-feira, outubro 22, 2021

A Autolibertação e a Autocura
Conheça a Escola de Autolibertação

O que é a Escola de Autolibertação?

A ESCOLA DE AUTOLIBERTAÇÃO, dirigida por Sohaku Bastos, é um centro de orientação pessoal na perspectiva de despertar o ser humano para a realidade de sua natureza interior, através de cursos, palestras, vivências, workshops e retiros. A Escola de Autolibertação é parte integrante do Instituto Sohaku (Sohaku Institute) e tem por objetivo ajudar o indivíduo no processo de autolibertação do sofrimento e de tudo aquilo que perturba, prejudica e limita a vida das pessoas, inclusive atrapalhando as suas decisões e causando muitos problemas diários.


Para tanto, a Escola de Autolibertação fomenta o emprego dos recursos da Meditação da Luz do Coração (Heart Light Meditation / Shinkō no Michi ⼼光の道 ), visando o aprofundamento na quietude de nosso interior, potencializando o estado de presença, através do poder da plena atenção e desenvolvendo a consciência do agora.

 

Com o atual quadro da pandemia, ficou claro que temos pouco poder para modificar as circunstâncias externas. A reclusão nos permitiu uma autorreflexão profunda, e estamos conseguindo enxergar o fato de que podemos e temos muito poder sobre algo: nossa própria percepção da realidade. Este princípio de autorresponsabilidade nos permite, ao invés de olhar para fora, julgando, culpando, responsabilizando fatores externos, olhar para dentro. A conclusão mais simples, verdadeira e esclarecedora é: eu sofro!

 

 Independente das circunstâncias externas, do que fizeram, das histórias que conto, sou eu que escolho me sentir vitimizado, com raiva, injustiçado, com inveja, ciúme, carência e desesperança. A partir desta premissa iluminadora, é possível perceber nossos bloqueios mentais, dificuldades de comunicação e relacionamento, e desconexão com decisões concernentes as escolhas importantes de nossa vida. Admitir que nós mesmos nos aprisionamos quando escolhemos não olhar para nossas limitações, é o primeiro passo para sair de um ciclo de ignorância e escravidão, que tem permeado os meandros da existência humana.

 

As limitações e os obstáculos auto-impostos podem ser transcendidos mediante o cultivo do autoconhecimento, impactando favoravelmente nas relações familiares, laborais e sociais. Dessa forma, o indivíduo pode transformar a sua realidade e ajudar às outras pessoas, as quais, muitas vezes, não sabem quem são, não sabem o que querem e porque estão aqui.

 Como a Escola de Autolibertação pode ajudar
na autocura e na saúde humana?

 

O termo autolibertação se aplica às diversas situações desfavoráveis e nocivas que o individuo enfrenta na vida, sejam elas de ordem mental sejam elas de ordem física. O termo autolibertação pode significar também autocura, autorregeneração, autoconservação, autorreparação, autorregulação do organismo, pois compreende um encadeamento de causas e efeitos da unidade mente-corpo. 

 

Nesse sentido, a Escola de Autolibertação promove os meios naturais, instintivos e espontâneos da essência original do ser humano no processo de autorrestauração corpo-mente, que se chama Movimento Instintivo de Autocura ou Honnō Healing. Trata-se da ciência do HONNŌ-HŌ, cujo termo é composto por três ideogramas sino-japoneses: 本 Hon, que significa “original” ou “originalidade”, o ideograma 能 Nō, que significa “potencialidade” ou “capacidade” e o ideograma 法 Hō, que significa método. Honnō é uma palavra que pode ser empregada, literalmente, como “instinto”, entretanto, na visão da antiga ciência oriental, Honnō significa a capacidade original de vida do ser humano em seus aspectos físico, energético e mental, ou seja, é “a essência da natureza humana”. 

 

Através da promoção de movimentos espontâneos e instintivos corpo-mente, o organismo é capaz de entrar em um processo de autorrecuperação e de autocura, consoante estados especiais de consciência corporal e de mobilização do potencial instintual humano. Esses movimentos de autocura são: os movimentos de desbloqueios energéticos, os movimentos de mobilização energética e os movimentos instintivos e espontâneos de cura mente-corpo.

É no corpo que as emoções nocivas se manifestam, levando ao adoecimento. O protagonismo emocional negativo no corpo pode ser atenuado através de movimentos que corrijam condutas e posturas, acarretando desintoxicação orgânica, desbloqueios articulares e alongamentos musculares, chamados de Taisō 体操; de movimentos que mobilizam a energia corpo-mente, promovendo a harmonização da respiração e de estados mentais diferenciados, chamados de Kikō 気功; e de movimentos instintivos e espontâneos, chamados de Honnō Undō 能本運, que buscam identificar as estruturas corporais estagnadas, as quais serão, automaticamente, liberadas e ativadas, fazendo com que haja a cessação do ciclo do adoecimento devido ao estímulo contínuo do fluxo de energia. 

 

O Movimento Instintivo de autocura envolve quatro etapas: do Movimento Consciente ao Movimento Instintivo, através do processo conectivo; do Movimento Instintivo ao Estado Honnō, através do processo Instintual, do Estado Honnō ao Sono Honnō, através do processo regenerativo; e do Sono Honnō à Percepção Honnō, através do processo de autocura.

Como a Escola de Autolibertação desenvolverá o ensino e o treinamento da
Meditação da Luz do Coração e do Movimento Instintivo de Autocura?

A Escola de Autolibertação foi idealizada para ajudar às pessoas a encontrarem o caminho do bem-estar e da felicidade e viverem de acordo com a verdadeira essência da vida. Isso significa despertar para a realidade que se está a viver, o que representa transcender muitos obstáculos e imensas dificuldades diárias.

 

A prática da Meditacão da Luz do Coração e o treinamento do Movimento Instintivo de Autocura são profundas vivências que levam o indivíduo a transcender o sofrimento e as aflições, libertando o corpo de dores e outros sintomas, e a mente de bloqueios e limitações, despertando-os para a verdade de seu mundo interior. Para que isso ocorra, é necessário que o individuo se liberte de crenças limitantes e condicionamentos altamente nocivos. Estamos vivendo em um mundo de insegurança e em um clima emocional muito desfavorável devido ao medo de adoecer, à tristeza pelo distanciamento das pessoas e à desesperança pela incerteza do amanhã. Porém, essa situação não se limita às circunstâncias atuais, mas ao descuidado durante a vida com o nosso Eu interior, que ficou relegado ao segundo plano existencial. Há que se resgatar muitos valores que residem em nossas mentes e em nossos corações.

 

Alguns necessitam começar pela edificação da consciência plena e do despertar do Eu mais profundo para cessar o sofrimento (Meditacão da Luz do Coração). Outros necessitam descobrir o seu movimento corporal instintivo no sentido de aliviar suas dores, agonias, ansiedades e amarguras, que se manifestam no organismo. Iniciar por um caminho mental ou corporal depende da situação de cada natureza humana (Movimento Instintivo de Autocura). Em verdade, os dois caminhos são complementares, pois mente e corpo fazem parte de uma mesma realidade existencial.

• Dê uma chance a si mesmo para despertar o potencial de autolibertação para viver em paz e com satisfação.
• Desenvolva seus talentos adormecidos e experimente uma vida de liberdade e de ressignificação existencial.
• Desenvolva o estado de plena atenção e de continuo estado de presença, valorizando a autoconvivência e os relacionamentos externos expressivos.
• Procure auxilio para ajudá-lo a valorizar o estado permanente de serenidade e de paz, independente das conjunturas externas.
• Liberte-se de influências viciosas e de crenças nocivas que o desviam de seu mundo espiritual.
• Persevere no caminho da autolibertação, evitando sentimentos de estagnação e sofrimento, e fomentando a evolução contínua.
• Não se deixe abater pela dor e pelo padecimento, pois há dentro de cada pessoa uma fonte inesgotável e instintiva de energia e de poder de cura e de resiliência
• Descubra o seu propósito de vida e a sua razão de viver, desvendando o seu protagonismo e sua responsabilidade existencial no mundo atual.

Venha aprender conosco a ultrapassar os obstáculos que hoje atormentam a sua vida, despertando o processo natural de libertação da dor e do sofrimento, mediante os recursos contemplativos e meditativos de atenção e de visualizações, e através dos movimentos instintivos corporais, que restauram, confortam e rejuvenescem a unidade mente-corpo, proporcionando uma ressignificação de seu propósito de vida.

Sobre os Instrutores

Sohaku Bastos é uma pessoa amplamente reconhecida como mestre de  meditação, de medicina, de filosofia oriental e de artes tradicionais japonesas, além de ser doutor em acupuntura e em psicoterapia. Autor de diversos livros sobre ciência e cultura oriental, Sohaku Bastos viveu no Oriente, principalmente no Japão, onde se tornou monge budista das escolas japonesas Zen e Shingon.

Por ter integrado saberes e experiências espirituais aos conhecimentos científicos, filosóficos e educacionais, Sohaku desenvolveu inteligências psicoemocionais, expandiu sua espiritualidade e ampliou a sua transculturalidade, que o tem distinguido como um dos maiores influenciadores em sabedoria e espiritualidade, no Ocidente. Sohaku tem ensinado suas experiências e avançados conhecimentos, os quais são acessíveis a todos, além de treinar e ajudar a inúmeras pessoas na vivência de estados de profunda paz e na expansão da consciência da realidade em suas vidas diárias. Seus ensinamentos, na ESCOLA DE AUTOLIBERTAÇÃO, despertam o individuo para a realidade presente, através do poder da plena atenção e da forca dos estados de consciência de intensa lucidez. O despertar de uma nova consciência transcende o ego e a mente racional, que é um passo fundamental para a evolução do homem contemporâneo

Karen Sayuri Sasada Sato, filha de japoneses é professora de meditação, tendo vivido no Oriente e tido formação monástica na Tailândia e concluiu seus estudos na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Bacharel em Geografia com mestrado em Epistemologia e doutoranda em Psicossociologia, Karen Sato se tornou expert em medicinas tradicionais orientais, incluindo a Medicina Chinesa e a Medicina Ayurvédica, especializando-se em Acupuntura e dietoterapia. Foi discípula do Professor Sohaku Bastos com quem aprendeu o Sistema de Saúde Honnō do Japão, além do Kohō Igaku Shiatsu.

Desenvolveu o Honnō-Kikō em vários estabelecimentos de ensino, visando promover a saúde das pessoas. Na ESCOLA DE AUTOLIBERTAÇÃO, Karen Sato terá a oportunidade de transmitir seus vastos conhecimentos que adquiriu no Oriente, assim como em outros países que viveu.

Karen Sato acredita no cultivo de virtudes como o cuidado com o próximo, e que com paciência, compaixão, honestidade e humildade, é possível viver e servir de forma plena e verdadeira, conectada com a profunda natureza humana.