sexta-feira, outubro 22, 2021

Sobre Dr. Sohaku - o fundador

Dr. Sohaku Bastos, presidente do Instituto Cultural Brasil-Japão (ICBJ), foi o fundador do Sistema Educacional ABACO/CBA e da Comunidade Budista Sohaku-In do Rio de Janeiro, tendo participado da criação da Sociedade Budista do Brasil (SBB). Dedicou-se aos estudos da cultura, da ciência, da espiritualidade e das artes marciais japonesas há mais de 60 anos.

Sohaku Bastos é artista marcial desde 1955, tendo se dedicado ao Judō (2º Dan) e ao Jiu-Jitsu (atualmente, 8º Dan – Japão / 9º Dan – Brasil) e, de 1962 até o presente, tem cultivado também o caminho do Karate-Dō Shotokan (atualmente, 9º Dan). Em 1964, colaborou com o Mestre Sadamu Uriu na criação da primeira instituição de Karate, na Tijuca, Rio de Janeiro, que foi o Ginásio Nipo-brasileiro de Cultura Física, sob o nome fantasia de Academia Shidokan.

No início dos anos 70, foi viver e estudar no Oriente. Tornou-se monge Zen-budista (Mosteiro Ryoko-In) e monge da Escola Shingon com licenciatura budista (Mosteiro Jochi-In de Koyasan), no Japão, tendo concluído o bacharelado em Medicina, no Sri Lanka, e tendo sido professor de Filosofia Oriental, Acupuntura e Medicina Tradicional em vários países do Ocidente.

No Japão, formou-se em Medicina Oriental com especialização em Eletroacupuntura e com mestrado em Psiconeurocinesiologia (Honnō Ryōhō); Na China, concluiu a especialização em Medicina Tradicional Chinesa e foi reconhecido com o título de Acupuncture Doctor após ter sido aprovado nos exames internacionais de proficiência e acreditação da World Federation of Acupuncture and Moxibustion Societies (WFAS), vinculada à Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em 2015, foi nomeado Diretor da WFAS para o Brasil e assumiu a presidência da Federação Brasileira das Sociedades de Acupuntura (FEBRASA). Nos EUA, concluiu a pós-graduação em Fitofarmacoterapia Chinesa e no Sri Lanka concluiu, também, os cursos de doutorado em Acupuntura e em Filosofia.

Psicoterapeuta e Psicanalista com especialização em Neuropsicanálise, vinculou-se à Sociedade de Psicanálise Humanista Erich Fromm e ao Sindicato dos Psicanalistas do Estado de São Paulo (SINPESP), tendo concluído, também, as licenciaturas em Filosofia e em Pedagogia, além do bacharelado em Teologia, no Brasil.

Professor Sohaku Bastos foi Conselheiro de Educação do Governo do Estado do Rio de Janeiro (CEE/RJ); Conselheiro Titular do Conselho Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas do mesmo Governo e Vice-Presidente da Comissão Estadual de Educação a Distância, além de ser, atualmente, diretor da Associação Brasileira de Educação (ABE). Participa, eventualmente, de Banca de Qualificação e de Defesa de Dissertações e de Teses na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), além de orientador de trabalhos científicos.

Presentemente, atua como dirigente universitário e exerce a função pública de Cônsul-Geral Honorário do Sri Lanka no Estado do Rio de Janeiro. Preside a Academia Nipo-Brasileira de Estudos de Meditação do ICBJ e dirige o Projeto Lápis Lazúli para a divulgação do CAMINHO DO CORAÇÃO (Kokoro no Michi), através da Meditação da Luz do Coração e do MOVIMENTO ESPONTÂNEO E INSTINTIVO (Honnō-Hō) com o objetivo de ajudar pessoas e profissionais de todas as áreas a terem mais saúde e bem-estar com o propósito de desenvolver estados extraordinários de consciência, cultivando sentimentos de felicidade e o autoconhecimento.

Fonte: Assessoria Instituto Sohaku