sexta-feira, outubro 22, 2021
Início Honnô ACADEMIA DE SAÚDE - HONNŌ Saiba Mais Sobre

ACADEMIA DE SAÚDE – HONNŌ
Saiba Mais Sobre

(Mind-Body Healing Instinctive Movement 心と体の癒しの本能動き).

HONNŌ-HŌ – Movimento Espontâneo Instintual na Promoção da Saúde e Cura (本能 法).

O Sistema Honnō de Saúde é baseado no processo terapêutico japonês Honnō-Ryohō ou Honnō Healing , em japonês, Honnō Chiyu (本能治癒)proveniente da Medicina Natural Japonesa, e ensinada, no passado, de mestre para discípulo, assim como todas as tradições antigas no Japão. Praticado desde a antiguidade, contém fundamentos das artes e ciências japonesas ancestrais e da antiga Medicina Chinesa.

O termo japonês HONNŌ ou Benen (Bian Chie), em chinês, é representado por dois ideogramas: Hon 本 significa origem, originalidade e No 能 significa capacidade, potencialidade.

Essa terminologia pode significar no Extremo Oriente, também, instinto, mas não se confundindo com o instinto básico de sobrevivência ou instinto sexual de continuação da espécie. O seu significado vai muito além deste sentido, representando a essência da natureza humana, que exprime o que é natural no homem e o que é humano na natureza.

O Honnō, enquanto processo terapêutico, diz respeito ao desenvolvimento da capacidade de auto-organização mente-corpo, do restabelecimento de faculdades inatas de autorreparação inerentes aos seres vivos, e do despertar do movimento espontâneo
instintual de autocura.

A natureza humana tem um alto potencial de resiliência e de autocura que, na maioria das vezes, encontra-se adormecido. O Sistema Honnō de Saúde é um método oriental que desperta no individuo do seu grande potencial de autocura.

As medicinas ancestrais e tradicionais do Oriente foram sendo desenvolvidas no decorrer dos séculos, através da observação da natureza como um todo, acompanhando o desenvolvimento do homem e da humanidade desde os primórdios e transmitindo
conhecimentos e práticas de suas tradições de mestre para discípulo.

As teorias das ciências orientais relacionadas ao Tao, Qi, Yin-Yang, Prana, Ayurveda etc, sinalizam para a integração do homem com a natureza na dinâmica do universo. O homem, parte integrante da natureza, está em conexão com as forças do universo que regem todos os sistemas e códigos da vida, desde átomos, células e até planetas.

Dr. Sohaku emprega o termo “Shinzen no Ugoki” ressignifica a magnitude do movimento da natureza que influencia todos os aspectos da vida humana e do universo”. Diz que “atransformação de matéria em energia e vice-versa só é possível pelo movimento e ele mesmo, também, é energia. Representa a essência de todas as coisas e a sustentação da vida. Todo ser
humano tem o seu próprio movimento inato e autêntico oriundo de sua natureza original: o movimento Honnō que obedece aos ciclos e ritmos da natureza que, por sua vez, são determinados pelo movimento do universo”.

Estar em sintonia com as forças da natureza é estar em “Estado Honnō”. Da mesma forma que existe no universo, através do movimento, a inteligência, a energia, a ordem e a auto-organização, existe, também, esta mesma manifestação no organismo humano. Células, tecidos, órgãos, moléculas mensageiras, emoções, pensamentos e sentimentos estão permanentemente em transformação para a evolução da vida.

Segundo Dr. Sohaku Bastos, “a vida humana se manifesta na capacidade de integrar a autoorganização, a inteligência e a energia. Porém, isso só é possível com a magnitude do movimento. Todas as etapas da vida humana evoluem de acordo com a capacidade de movimento que o homem possa realizar, adquirindo energia, armazenando-a, produzindo-a e fazendo-a interagir com o meio ambiente, circulando-a interna e transformando-a externamente”.

O ser humano, desde sua concepção até a morte, depende dessa lei universal. A saúde, as doenças e suas curas derivam da capacidade ou não do organismo estar apto a sintonizar com este potencial inato e muitas vezes adormecido, de auto-organização, autorregulação e, sobretudo, de reencontrar seu movimento inato: o movimento Honnō de autorregeneração.

Diz Dr. Sohaku: “Aquele que consegue se harmonizar com seu movimento Honnō, consoante sua natureza original, não adoece com facilidade, não envelhece precocemente e se mantém hígido e saudável”.

Partindo dessas premissas, Dr. Sohaku propõe um modelo diferenciado no tratamento de doenças e na busca do bem-estar e da longevidade: O Sistema Honnō de Saúde, fomentando a arte da medicina natural japonesa e de diversas outras ciências orientais integradas para o cotidiano do ser humano.

Desde o início da história da humanidade houve uma grande preocupação do homem com a sua sobrevivência e a sua saúde. O instinto de autopreservação dotou o ser humano de uma inteligência inata capaz de distinguir o que é essencial do que é totalmente desnecessário à sua vida. O homem moderno, infelizmente, perdeu a capacidade de discernir, intuir e identificar as situações que ameaçam sua integridade física e mental, expondo-se a situações extremamente deletérias para sua saúde e para sua vida. Assim começou a História do Honnō e da própria medicina oriental: preservando a vida e a saúde, bem como, fomentando o bem-estar e a felicidade.

O Honnō se fundamenta na dinâmica do universo como entendimento da própria vida. Conhecido como a antiga medicina natural japonesa Honnō (Bian Chie, em chinês), foi influenciada pela milenar medicina chinesa. O Honnō se baseia na observação do ser
humano em integração com a natureza e com o universo, formando um todo indivisível e coerente.

O Honnō como processo terapêutico e sistema preventivo de saúde foi se aperfeiçoando nos séculos mais recentes, tornando-se conhecido no Japão como Honnō-Ryohō. Ensinado de mestre para discípulo, o método terapêutico Honnō da medicina oriental acompanhou a família Iwata, no Japão, até ser transmitida ao Dr. Sohaku Bastos, no início dos anos 70: “Aprendi com o mestre Iwata, que aprendeu com seu pai, a arte-ciência da natureza humana Honnō. Aquele sisudo mestre de medicina oriental tinha, em verdade, um coração puro e incontaminado como de uma criança e uma rara sensibilidade na relação com as pessoas”.

Por volta de 1905, o método Honnō ganhou muitos adeptos na classe médica no Japão. Tal foi o sucesso que Tokunosuke resolveu escrever livros com a ajuda de seus alunos médicos, os quais pesquisaram o método Honnō nos campos da psicologia, biologia e medicina. Nessa época, seu filho e seguidor Dr. Yuji Iwata já estudava com o pai.

Prof. Tokunosuke ministrou cursos em todo o Japão, em Taiwan na China, na Manchúria, na Coréia e nas Ilhas do Sul do Japão. Contudo, o advento da primeira e, posteriormente, da segunda Grande Guerra provocou um declínio das práticas de saúde da medicina oriental, por força da proibição das mesmas, sobretudo em 1945, quando ocorreu o bombardeio das grandes cidades do Japão e a destruição de escolas, hospitais, universidades etc.

Após o período da última proibição (1945–1948), a medicina oriental no Japão foi resgatada e com ela o método milenar Honnō. Nesta época, com o falecimento de seu pai, Dr. Yuji Iwata assumiu a direção da instituição de medicina oriental fundada por seu genitor.

O método Honnō-Ryohō associado às diversas técnicas da Medicina Oriental, sob orientação de Dr. Sohaku Bastos e colaboradores, estão disponíveis na Academia Honnō de Saúde, sediada no Rio de Janeiro.As atividades do Academia de Saúde Honnō são:

1- Programa de Day Immersion do Movimento Instintivo de Saúde e Cura

2- Treinamento e Vivência do Movimento Instintivo de Saúde e Cura

3- Curso de Formação e Capacitação de Terapeuta Honnō (Terapia Instintiva Honnō)

Artigo anteriorEm breve
Próximo artigoACUPUNTURA PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA
RELATED ARTICLES

Em breve

Em breve

Em breve

- Advertisment -

ARTIGOS MAIS VISITADOS

COMENTÁRIOS RECENTES